Câmara de Sapiranga auxiliou mais de 1.000 pessoas no encaminhamento do auxílio emergencial

Jornal Opinião

A Câmara de vereadores de Sapiranga já auxiliou mais de 1.000 sapiranguenses a realizar o cadastro para receber o valor emergencial do Governo Federal. Desde a quarta-feira, (8), a equipe do TELECENTRO vem auxiliando a comunidade que não dispõe de acesso à internet ou que tenha alguma dúvida sobre o cadastramento para o recebimento do auxílio emergencial. Devido à grande procura por parte da comunidade, a Câmara de Vereadores de Sapiranga disponibilizará a estrutura do TELECENTRO, para auxiliar no encaminhamento ONLINE do Seguro Desemprego. O atendimento ao público teve início nesta quarta-feira, (15/04).

“Neste momento difícil precisamos auxiliar a nossa população e a Câmara faz a sua parte cedendo a estrutura do TELECENTRO para quem não dispõe de Internet”, disse o presidente do Legislativo sapiranguense, vereador Adriano de Oliveira.

O TELECENTRO está localizado junto à Câmara de Vereadores, na avenida João Correa 808, Centro e funciona da 7h às 18h, sem fechar ao meio dia.

Saiba Mais:

Com as agências do Sine/FGTAS de todo o Rio Grande do Sul completando duas semanas sem atendimento, os empregados demitidos sem justa causa são obrigados a fazer a solicitação do seguro-desemprego online. A restrição não é exclusividade gaúcha, pois todas as unidades do país estão com atividades suspensas por determinação do Ministério da Economia. A medida segue a orientação de evitar aglomerações que favoreçam a transmissão da covid-19. A Secretaria Nacional de Trabalho oferece dois caminhos para se fazer a solicitação completa, sem necessidade de comparecimento do trabalhador: o portal Emprega Brasil (empregabrasil.mte.gov.br) e o aplicativo para celular Carteira de Trabalho Digital. Em caso de primeiro acesso, será preciso criar cadastro e senha preenchendo dados básicos. Já antes da pandemia se podia fazer essa solicitação totalmente online, sem ir a uma agência para confirmar. Podem ocorrer casos específicos, ou a falta de algum documento que atrapalhe o pedido. Nesse caso, se colocou à disposição o telefone 158. Essa central, então, distribui para um call center e é feito um contato com o trabalhador. Seguro-desemprego e vagas de trabalho Seguro-Desemprego – Por meio do portal Emprega Brasil (empregabrasil.mte.gov.br) ou aplicativo Carteira de Trabalho Digital. Será preciso criar perfil e senha informando dados básicos, como CPF e Carteira de Trabalho. Com a rescisão de contrato e demais informações corretas, o seguro é liberado automaticamente. Problemas na solicitação – Não há atendimento presencial para essas situações. A Central de Atendimento do Trabalhador do Ministério da Economia, pelo telefone 158, está centralizando as demandas de todo o Brasil. Situações contempladas nas plataformas digitais serão encaminhadas para as superintendências do respectivo Estado. – É possível mandar e-mail com a dúvida para trabalho.rs@mte.gov.br Vagas de trabalho – Pelo aplicativo Sine Fácil. Exige a mesma senha cadastrada no app CTPS Digital. No aplicativo, o trabalhador consulta vagas de emprego disponíveis conforme objetivos profissionais definidos. – Outras dúvidas e informações: Sine/FGTAS (www.fgtas.rs.gov.br) ou pelo e-mail fgtas@fgtas.rs.gov.br.

Next Post

Nova unidade de saúde do Aurora deve entrar em funcionamento até julho

A prefeitura de Campo Bom, atenta à saúde da sua comunidade, deve entregar até julho mais um espaço destinado à […]