Medir a temperatura no pulso não funciona!

Jornal Opinião

Devido à pandemia de COVID-19, a aferição de temperatura da população virou parte do protocolo de segurança de muitos estabelecimentos – mas, na maior parte das vezes, os termômetros infravermelhos são usados no pulso, e especialistas alertam para o fato de que, como estes equipamentos não são programados para detectar a temperatura nesta região, o processo é completamente inválido.

Medir a temperatura no pulso é ineficaz
Por serem uma forma rápida de medir a temperatura sem necessidade de haver contato físico, termômetros infravermelhos – que são capazes de detectar a radiação emitida pelo corpo e, assim, informar qual a temperatura dele em segundos – se tornaram muito populares especialmente na entrada de estabelecimentos comerciais como shopping centers, restaurantes e supermercados, mas eles estão, na maioria das vezes, sendo usados de forma errada.
Conforme explica Luiz Gustavo de Almeida, PhD em microbiologia e coordenador no Instituto Questão de Ciência (IQC), termômetros infravermelhos são calibrados para medir a temperatura em um local específico do corpo: a região da testa. Segundo ele, medir em outras regiões, como pulso, perna e demais locais, não permite que a aferição seja fiel à realidade.

“Os algoritmos do aparelho – que detecta a radiação que a gente solta pelo corpo na forma de calor – foram calibrados, na maior parte das vezes, na pele da testa, e aí ele vai dar uma estimativa da nossa temperatura interna”, afirma o especialista.
É por isso, explica ele, que muitas pessoas apresentam temperaturas baixíssimas na medição pelo pulso. “Qualquer outro lugar em que você me faça a medição com esse mesmo aparelho, que não foi calibrado para medir a temperatura em outro local, pode ser que dê uma temperatura mais baixa”, explica, ressaltando que a temperatura muito abaixo dos 36°C – como é apontado erroneamente muitas vezes -, caso fosse verdade, seria uma situação gravíssima.

Fonte: Vix Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Post

É Fake a notícia que Sapiranga entrará em “Lockdown” neste final de semana

Nesta quinta-feira (04/03) circulou em vários grupos de WhatsApp uma notícia que Sapiranga entraria em “lockdown” do dia 05/03 com […]