Campo Bom fecha primeiro trimestre de 2021 com saldo positivo de 1.071 novos empregos

Jornal Opinião

A geração de empregos em Campo Bom segue em evidência, mesmo em meio à terceira onda da pandemia do coronavírus. Tendo apresentado saldo positivo de empregos em janeiro e fevereiro, em março não foi diferente: foram 212 mais admissões do que demissões no município. Com o resultado do último mês, Campo Bom conquista o melhor desempenho trimestral dos últimos 19 anos. “O saldo do primeiro trimestre de 2021 foi de 1.071 novos postos de trabalho, destacando-se regionalmente”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Henrique Scholz. 

O prefeito Luciano Orsi aponta que o Município trabalha em ações para fomentar os negócios locais, atrair investidores, qualificar empreendedores e combater a burocracia, mas que o mérito desse resultado não pode ser tirado dos empresários. “Os resultados positivos em Campo Bom têm sido recorrentes, o que mostra cada vez mais que a pandemia nos abateu, sim, mas não intimidou. Apesar da instabilidade causada pelo coronavírus, aprendemos que somos ainda mais fortes por termos conseguido nos manter mesmo na pior fase”, considera. 

Contratações de março

O setor que se destacou pelo número de contratações em fevereiro foi, mais uma vez, o da Indústria, com saldo positivo de 128 novos postos de trabalho, o que representa cerca de 60% do saldo positivo de empregos gerados no mês. Além disso, o maior número de empregados do período está na faixa etária entre 18 e 24 anos e possui Ensino Médio completo. Os dados são disponibilizados mensalmente pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que calcula o saldo considerando a diferença entre as admissões e os desligamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Post

RGE alerta para riscos de acidentes domésticos com energia elétrica

Com as pessoas mais tempo em casa devido ao distanciamento social provocado pela pandemia do Covid-19, aumenta a preocupação com […]