Campo Bom segue com vacinação na terça (11) nas pessoas com comorbidades para quem tem 18 anos completos ou mais.

Jornal Opinião

Na terça-feira (11), serão atendidas pessoas com comorbidades, com imunizante da Astrazeneca/Fiocruz, no drive-thru no Complexo do CEI e no Ginásio do CEI (para quem estiver a pé). O público alvo são as pessoas com comorbidades partir dos 18 anos completos. Para que a quantidade de pessoas não ultrapasse o número de doses disponíveis, haverá distribuição de fichas no dia e local da vacinação.

O secretário de Saúde, João Paulo Berkembrock, ressalta que as pessoas acima dos 60 anos ou com comorbidades de idade acima das que estão sendo atendidas agora, que não tenham conseguido tomar a primeira dose podem ser vacinadas nesses dias de imunização. “Gestantes acima dos 18 anos, puérperas (até 45 dias após o parto) acima dos 18 anos e pessoas com síndrome de Down, também acima dos 18, ainda podem buscar a vacinação. Quem deixou passar a data prevista para tomar a primeira dose pode comparecer nos locais de vacinação que serão atendidos normalmente”, explica o secretário.

As comorbidades incluídas nos grupos prioritários presentes no plano estadual de vacinação contra a Covid-19 são as seguintes:

Diabetes Mellitus (DM),

Pneumopatia crônica grave,

HAS resistente,

HAS estágio 3,

HAS com lesão em órgão alvo,

HAS associada a comorbidade,

Insuficiência cardíaca (IC),

Cor pulmonale e Hipertensão pulmonar (HAP),

Doença Arterial Coronariana (DAC),

Valvulopatias cardíacas,

Prótese valvar,

Miocardiopatias e Pericardiopatias,

Doenças de Grandes vasos e fístulas arteriovenosas,

Arritmias Cardíacas,

Cardiopatia Congênita no adulto,

Doença Cerebrovascular,

Doença Renal Crônica (DRC),

Imunossupressão,

Câncer,

Hemoglobinopatias graves,

Obesidade grau 3,

Cirrose Hepática,

Síndrome de Down,

Gestação ou Puerpério com ou sem comorbidades.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Para se vacinar a pessoa deverá apresentar documento com foto, CPF ou cartão SUS, carteira de vacinação, carteirinha pré-natal para gestantes, certidão de nascimento/carteirinha de vacinação do RN para as puérperas e comprovante de residência em Campo Bom. Caso o comprovante de residência esteja no nome de outra pessoa, esta deverá declarar por escrito que o outro mora no endereço informado. Todas as comorbidades deverão ser  devidamente comprovadas com original e cópia do laudo médico, da receita ou do relatório médico, conforme o Plano Nacional de Imunização.

RECOMENDAÇÕES ANTES DA VACINA

– Não ter tomado qualquer vacina até 15 dias antes;

– Não estar fazendo tratamento imunossupressor (se for o caso, precisará de liberação médica por escrito);

– Não ter tido resultado positivo de Covid há menos de 30 dias;

– Não estar com sintomas gripais.

SEGUNDA DOSE ASTRAZENECA E CADASTRO PARA 2ª DOSE DA CORONAVAC

Quem se vacinou com imunizante Astrazeneca há pelo menos 90 dias, já pode fazer a sua segunda dose, no mesmo local e horário, sem esquecer de levar a carteira de vacinação.

E, para quem recebeu doses da Coronavac/Butantan, a Prefeitura está se preparando para, assim que chegarem vacinas, realizar as segundas aplicações que estão em atraso. A imunização ocorrerá por agendamento, sendo priorizadas as pessoas com mais dias de atraso na vacina. Lembrando que a segunda dose da CoronaVac somente é considerada em atraso após passados 28 dias da realização da primeira dose. Quem se enquadra nesta situação deve acessar o formulário disponível no site da Prefeitura para se cadastrar, ou enviar mensagem para o WhatsApp (51) 9 9675 5968.

Após o cadastro, a Secretaria da Saúde entrará em contato com os pacientes para agendar uma data para a segunda dose, que será feita na UBS Paulista. Não há um prazo mínimo ou máximo para que a Saúde entre em contato, isto ocorrerá conforme a disponibilidade de doses.

“Como os quantitativos recebidos têm sido baixos, tomamos essa iniciativa. Assim poderemos atender primeiro aqueles com a dose mais atrasada e tornar a vacinação mais cômoda para estas pessoas”, observa o prefeito Luciano Orsi, pedindo que só se cadastre quem realmente estiver com a vacina em atraso.

VACINAÇÃO SOLIDÁRIA

Também segue a campanha da Vacinação Solidária, que está fazendo sucesso durante a imunização contra a Covid e contra a Influenza. Com o propósito amparar os campo-bonenses em situação de vulnerabilidade, a Prefeitura está arrecadando alimentos não perecíveis nos locais de vacinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Post

Empreendimentos de Sapiranga buscam adesão ao Selo Turismo Seguro

Em Sapiranga são várias as atrações turísticas. Além das belezas naturais, voo livre, esportes de aventura e a gastronomia, a […]