Smed implanta a Educação Empreendedora nas escolas municipais de Sapiranga

Jornal Opinião

A Secretaria de Educação de Sapiranga alinhará ações e estratégias para engajar todas as escolas municipais de Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano, professores e gestores na Educação Empreendedora, relacionando as formações com os projetos já desenvolvidos em cada instituição e fomentando a aplicação de novas tecnologias e metodologias inovadoras.

A ação integra o Programa Cidade Empreendedora e oportunizará aos docentes e equipes diretivas momentos de formação, que ao longo de 2 anos, irão subsidiá-los com conteúdos que abordam a realidade em que os alunos se inserem, auxiliando os jovens no desenvolvimento de habilidades e competências.

Nos encontros serão desenvolvidas estratégias e vivências para qualificar o trabalho de sala de aula, para ofertar um ensino onde os alunos aprendam a fazer gestão da própria vida, sendo estimulada a autogestão, o autoconhecimento e o planejamento, a lidar com possíveis situações de frustração e fracasso.

O Referencial Curricular de Sapiranga, traz uma proposta de Educação Integral e a Educação empreendedora colabora com os objetivos dessa proposta.

Educação Integral
O município de Sapiranga, tem uma proposta de educação, alinhada a Educação Integral pautada na BNCC. Segundo o documento, a educação integral tem como propósito a formação e o desenvolvimento global dos estudantes, compreendendo “a complexidade e a não linearidade desse desenvolvimento, rompendo com visões reducionistas que privilegiam ou a dimensão intelectual (cognitiva) ou a dimensão afetiva.” (BNCC, 2017, p. 14)

Nesta perspectiva, se entende os sujeitos na sua multidimensionalidade e se compromete com a estruturação de estratégias que garantam a todos, em condições de igualdade, equidade e diversidade, o direito a uma educação de qualidade. Uma escola orientada por uma perspectiva de educação integral, pretende desenvolver com intencionalidade, as competências socioemocionais, buscando assim o “ desenvolvimento de competências para aprender a aprender, saber lidar com a informação cada vez mais disponível, atuar com discernimento e responsabilidade nos contextos das culturas digitais, aplicar conhecimentos para resolver problemas, ter autonomia para tomar decisões, ser proativo para identificar os dados de uma situação e buscar soluções, conviver e aprender com as diferenças e as diversidades.”( BNCC, 2017, p. 14)

Sendo assim, busca-se promover a integralidade dos indivíduos, o que implica não só pensar no desenvolvimento cognitivo, mas também no desenvolvimento social e emocional que, quando potencializado no ambiente escolar, promove impactos importantes não apenas no campo da aprendizagem, mas também no desenvolvimento pessoal e social de todos os sujeitos.

Cursos
1) Workshop Professor Empreendedor (8h)
2) Oficinas de Desenvolvimento de competências socioemocionais
Emoções e Empatia (4h)
Argumentação e Pensamento Crítico (4h)
Sonho e Propósito (8h)
Protagonismo, Ética e Colaboração (8h)
3) Culturas do mundo: conexão com a realidade local (4h)
4) Momento Inspiração: Conhecendo Histórias Empreendedoras (4h)
5) Projeto Legado: deixando sua marca na comunidade (8h)
6) Oficina de Educação Financeira (8h)
7) Letramento Digital e Criativo (64h)
8) Oficina Ecossistema de Educação Empreendedora (6h)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Post

Prefeitura adquire GPS de alta precisão para serviços de topografia

A Prefeitura de Sapiranga, através da Secretaria Municipal de Planejamento, Habitação, Segurança e Mobilidade, adquiriu um GPS de alta precisão […]