Campanha de imunização contra a gripe alcança 40,8% do público alvo em Campo Bom

Jornal Opinião

A campanha contra a Influenza vai até o dia 9 de Julho em Campo Bom e está na terceira etapa. Até agora, 40,8% do público alvo da campanha foi alcançado, sendo que a meta do Município é atingir 90%. “A imunização contra a gripe nos ajuda no sentido de evitarmos hospitalizações neste momento em que os serviços de saúde estão muito voltados aos atendimentos de coronavírus. Por isso, pedimos que a comunidade busque se proteger não apenas contra a Covid, mas também contra a gripe”, declara o prefeito Luciano Orsi, lembrando que o Município está conduzindo com sucesso, paralelamente, as campanhas contra a Influenza e a Covid. 

O público alvo em Campo Bom conta com 22.982 pessoas, e nesta terceira etapa, podem se vacinar pessoas com comorbidades, deficiência permanente, trabalhadores de transporte coletivo e outros. Mesmo assim, o secretário de Saúde, João Paulo Berkembrock, lembra que os grupos que já passaram podem seguir se vacinando. “A procura pela vacina contra a gripe está de acordo com as limitações que já tínhamos conhecimento, como o fato de alguns grupos coincidirem com a imunização contra o coronavírus. Nestes casos foi dada prioridade à vacina contra a Covid, conforme determinado pelo Governo do Estado. No entanto, passada a fase dos idosos se imunizarem contra a Covid, precisamos que também se busque a imunização contra a gripe”, aponta o secretário. Ele ainda ressalta a importância das crianças de seis meses até os seis anos se imunizarem, uma vez que estas não podem se vacinar contra a Covid.

A exemplo do ano passado, a vacinação este ano está seguindo o modelo de etapas. Em virtude da vacinação contra a Covid-19, os idosos com 60 anos ou mais foram vacinados na segunda etapa, e não na primeira. Confira quem entra nesta terceira etapa:

Terceira etapa: até 09/07

– Pessoas com comorbidades;

– Pessoas com deficiência permanente;

– Caminhoneiros;

– Trabalhadores de transporte coletivo;

– Trabalhadores portuários;

– Forças de Segurança e Salvamento;

– Forças Armadas;

– Funcionários do sistema prisional;

– População privada de liberdade.

A vacina pode ser feita em qualquer unidade de saúde de Campo Bom (exceto a UBS Celeste) e no Centro Materno Infantil (CMI), nos seguintes horários:

– Centro Materno Infantil: 7h30 às 18h

– Unidade Básica de Saúde Paulista: 8h às 17h30

– Estratégias de Saúde da Família: 8h às 12h e 13h às 16h30

Critérios para vacinação

– Obedecer ao intervalo mínimo de 14 dias entre a vacina contra Covid-19 e demais vacinas;

– Pessoas com comorbidades devem comprovar a doença (receita, laudo médico com CID, exames diagnósticos, etc.);

– Doadores de sangue devem esperar 48 horas após a vacina para doação;

– Pessoas com quadros febris ou com sintomas gripais devem aguardar melhora para vacinação.

Vacinação Solidária ocorre também na campanha contra Influenza

A campanha da Vacinação Solidária, que está fazendo sucesso durante a vacinação contra a Covid, está sendo promovida também durante a campanha contra Influenza. Com o propósito amparar os campo-bonenses em situação de vulnerabilidade, a Prefeitura está arrecadando alimentos não perecíveis nas unidades de vacinação. Os alimentos são encaminhados à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação (SMDSH) e servirão para reforçar as cestas básicas que já são entregues para a população cadastrada no Cras e também para a montagem de novas cestas. Essa ação é totalmente voluntária, ou seja, ninguém é obrigado a doar para se vacinar, doa quem puder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Post

Gestores de hospitais afirmam que preços dos medicamentos para Covid continuam altos

A CPI com a finalidade de investigar os aumentos exorbitantes de preços de medicamentos e insumos utilizados no combate a […]