Avançam as mobilizações para viabilizar instalação de Hospital Regional Federal

Jornal Opinião

Na tarde desta quarta-feira, 07 de julho, a Câmara de Vereadores de Campo Bom sediou um importante encontro para aprofundar as tratativas referentes a construção de um hospital regional federal. A reunião reuniu lideranças de diferentes cidades do Vale dos Sinos, Vale do Paranhana e Serra. Os presidentes dos Legislativos de Campo Bom e Sapiranga, Alexandre Hoffmeister (PP) e Leandro da Costa (PP), respectivamente foram os responsáveis pela organização do encontro que contou ainda com a presença do prefeito de Campo Bom e presidente da AMVARS, Luciano Orsi, e dos vice-prefeitos de Sapiranga e Parobé, Adriano de Oliveira e Alex Bora, respectivamente. Este foi o segundo ato da mobilização iniciada por Leandro para a construção da casa de saúde. Ainda em junho, Costa e Hoffmeister se reuniram com o diretor do Instituto de Ciências da Saúde da Feevale, professor Cesar Augusto Teixeira, para apresentar a ideia. Cesar também participou do encontro realizado na tarde de hoje.

Ideia ganha respaldo e apoio

Todos os representantes de Executivo e Legislativo que participaram do encontro mostraram apoio a proposta de construção do Hospital Regional. Em sua manifestação inicial, Leandro ressaltou que o projeto precisa ser levado adiante, independente de quem esteja coordenando as ações. “Este não é um projeto meu, o hospital não é meu e nem de Sapiranga e sim de todos. É para a região”, ponderou. “Fico feliz em receber todos aqui e saber que a ideia de construção do Hospital Regional Federal, já levantada outras vezes, novamente volte a ser discutida”, acrescentou Hoffmeister.

Presidente da Câmara de Novo Hamburgo, Raizer Ferreira (PSDB), também mostrou interesse em ampliar o debate. “A Associação Parlamentar Metropolitana está sendo criada e também está a disposição para ajudar no pleito”, citou.

Orsi destacou que a discussão será ampliada entre os prefeitos. “Esta questão é uma necessidade da região e vamos levar para o debate junto da AMVARS”, garantiu o prefeito de Campo Bom.

Para Bora, a ideia precisa contar também com o apoio de outras lideranças. “Precisamos mobilizar a bancada gaúcha para participar desse pleito e garantir os recursos para a construção”, destacou.

Comissão formada e novos encontros

Por decisão unânime, Leandro foi eleito presidente da comissão que conduzirá os trabalhos e organizará os próximos desdobramentos das discussões. Alexandre será o vice-presidente e auxiliará nas mobilizações. Novos encontros, com novas entidades e parceiros convidados, serão agendados para ampliar o debate e verificar as reais demandas de cada cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Post

Campo Bom fará segundas doses da Astrazeneca na sexta-feira, dia 9

Quem fez a primeira dose da vacina Astrazeneca/Fiocruz em Campo Bom no mês abril já tem data marcada para fazer […]