SMED promove formações para equipes diretivas das escolas de ensino fundamental com foco na educação empreendedora

Jornal Opinião

A Secretaria Municipal de Educação (SMED) promoverá cursos voltados às equipes diretivas e da Secretaria. A proposta “Oficina de Ecossistema de Educação Empreendedora” refletirá sobre a importância de uma interação entre outras instituições e atores que fomentam a cultura empreendedora. As formações com os gestores iniciarão na última semana do mês de julho, enquanto os alunos estão em período de recesso.

Os cursos iniciarão pelos gestores pois eles terão a função de mobilizar o seu grupo de professores para as propostas empreendedoras e de trabalho, assim como precisarão unir esforços para colocar em prática as vivências e acompanhar a aplicação das mesmas. As formações trazem a oportunidade de participar de atividades variadas, vivências onde os educadores poderão potencializar e aplicar o que for desenvolvido nos encontros com os seus alunos, adaptando às necessidades e realidade da sua comunidade. Através de uma ação coletiva e o engajamento de todos, as equipes serão essenciais na construção da cultura de uma educação empreendedora.

A partir de agosto, as formações oferecidas serão para todos os professores do ensino fundamental da rede municipal, conforme sua área de interesse e atuação:

– Desenvolvimento de competências socioemocionais (Emoções e empatia, Argumentação e pensamento crítico, Sonho e propósito, Protagonismo, ética e colaboração;

– Culturas do mundo: conexão com a realidade local.

Em 2022, serão disponibilizados cursos e workshops de:

– Professor empreendedor;

– Educação financeira;

– Projeto Inspiração: Conhecendo histórias empreendedoras;

– Letramento digital e criativo (com a disponibilização de 4 kits de robótica para o município);

– Projeto Legado: deixando sua marca na comunidade.

Estimular o trabalho em equipe, o hábito do planejamento, da administração financeira e da busca de objetivos e metas são estratégias que estão sendo pensadas pela SMED para o próximo ano buscando atingir de forma mais efetiva os jovens que estão saindo do Ensino Fundamental através de iniciativas sobre projeto de vida e empreendedorismo. Os professores da rede municipal já estão realizando diversos projetos, os quais promovem aprendizagens significativas, mas a ideia é engajar ainda mais os professores para trabalhar com projeto de vida e empreendedorismo.

Um grande desafio na educação atual é estimular desde cedo a criação de ideias e de novas soluções em todas as áreas do saber, fazer com que o estudante não tenha medo de se arriscar, tirá-lo da sua zona de conforto e incentivá-lo a ser autônomo. A educação empreendedora tem um papel fundamental na formação do aluno, visto que trabalha a resolução de problemas e o protagonismo. Por meio desse aprendizado, o estudante poderá buscar soluções para os problemas da vida pessoal e da comunidade e ter um olhar diferenciado para essas questões, mudando o espaço onde vive. Afinal, ser empreendedor não é só estar ligado a uma profissão ou a um curso, mas ter uma postura de proatividade perante às oportunidades e problemas.

A supervisora pedagógica, Angela Cristiane Schutz, está entusiasmada com os cursos e as propostas oferecidas. “As expectativas para o início das formações são as melhores possíveis! Mobilizar, engajar, indagar, transformar e descobrir são ações que queremos fomentar ainda mais na Educação em Sapiranga. Um professor consciente da sua importância enquanto profissional que trabalha para o sucesso do seu aluno, com um pensamento para além da sala de aula, contribui para o crescimento, não só do sujeito enquanto cidadão, mas também de toda comunidade”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Post

Estão disponíveis para consulta as listas com os resultados do Processo Seletivo do IFSul

Estão disponíveis para consulta as listas com os resultados do Processo Seletivo do IFSul para as vagas de cursos técnicos […]