Edição especial da Campanha do Agasalho beneficia mais de 170 famílias

Jornal Opinião

Adultos, crianças e idosos de todos os cantos da cidade compareceram a uma grande edição da Campanha do Agasalho que ocorreu neste sábado, dia 31. Das 9h até às 13h, mais de 3,4 mil peças de agasalhos foram doadas. “Meus filhos estão precisando bastante de roupas, mas a situação é muito difícil para conseguirmos comprar, então a campanha ajuda muito”, disse a dona de casa Amanda Pedroso, 32 anos, mãe de dois filhos. Além dela, outras 170 pessoas em situação de vulnerabilidade social e suas respectivas famílias foram beneficiadas pela campanha. “A solidariedade está no DNA de Campo Bom, e isso também reflete em nossa administração. Sentimos orgulho em ter uma Campanha do Agasalho ininterrupta e que ajuda mais e mais famílias a cada ano que passa”, pontuou o prefeito Luciano Orsi.

A campanha é promovida pelo Gabinete da Primeira-dama com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação (Smdsh), e todas as peças arrecadas passam por uma triagem, sendo lavadas e consertadas se necessário. A Primeira-dama Kátia Orsi afirmou que o número de agasalhos arrecadados ao longo da última semana foi surpreendente. “Pessoas, empresas e entidades se uniram nestes dias de frio intenso para olhar para o próximo e fazer o bem. Não temos palavras para agradecer, mas podem ter certeza que cada peça doada será muito bem aproveitada”, disse a Primeira-dama Kátia Orsi. 

Esta edição da Campanha do Agasalho reuniu cerca de 30 voluntários, trabalhando na arrecadação das roupas, organização das peças e atendimento ao público. “Nossa equipe foi incansável, e trabalhou desde a última segunda-feira para que o evento acontecesse da melhor forma possível e fosse muito bem organizado. Separamos as melhores peças para aquecer nossa comunidade nesse inverno rigoroso”, declarou o secretário de Desenvolvimento Social e Habitação, Gabriel Colissi, destacando a parceria do Rotaract Campo Bom na arrecadação de peças e atendimento durante o evento. Para Mariele Cristina Sopran, há quatro anos encarregada pela organização das doações que chegam ao Ginásio Municipal, o brilho no olhar das pessoas é o que faz tudo valer a pena. “É isso que nos motiva a trabalhar cada vez mais. É gratificante e enche nosso coração”, considera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximo Post

Campo Bom encaminha reivindicação de melhorias na ERS-239 ao Estado

Com objetivo de oferecer mais segurança e mobilidade aos usuários da ERS-239, no perímetro de Campo Bom, a Prefeitura encaminhou […]